Notícias

1º de maio conclama a pressionar governo

Reunindo 15 mil pessoas no parque da Redenção, evento da Força Sindical representou um dia de reflexão e luta, no qual dirigentes sindicais e trabalhadores ergueram suas bandeiras em defesa da classe trabalhadora e em protesto contra o governo, que acena com a possibilidade da retirada de conquistas históricas.

1º de maio
Reunindo 15 mil pessoas no parque da Redenção, evento da Força Sindical representou um dia de reflexão e luta, no qual dirigentes sindicais e trabalhadores ergueram suas bandeiras em defesa da classe trabalhadora e em protesto contra o governo, que acena com a possibilidade da retirada de conquistas históricas.

O sindicalista e vereador Clàudio Janta integrou nesta quinta-feira o 1º de maio da Força Sindical em Porto Alegre. Consolidada no rol de atividades sociais promovidas pela central no estado, a festa do Dia do Trabalhador evidencia o espaço cada vez mais significativo ocupado pelos trabalhadores de diversas categorias na sociedade. Reunindo 15 mil pessoas no parque da Redenção, o evento representou um dia de reflexão e luta, no qual foram erguidas as bandeiras em defesa da classe trabalhadora e em protesto contra o governo, que acena com a possibilidade da retirada de conquistas históricas dos trabalhadores.

Em seu pronunciamento, Clàudio Janta lembrou que ainda há um caminho longo a ser percorrido e que é necessária união para pressionar os governos e conquistar avanços e justiça para a classe trabalhadora.

Temos muito o que lutar e reivindicar, não podemos ficar com os postos de saúde fechados nos finais de semana e feriados, estar pagando 7,5% de imposto de renda, todos os meses o governo retirando do bolso do trabalhador e principalmente não se ver o fim do famigerado do fator previdenciário, escravizando os trabalhadores e todos os aposentados, não permitindo que as pessoas que construíram esse país que produzem tenha uma aposentadoria digna e decente. Também lutamos pela recuperação das perdas e correção do fundo de garantia. Estamos reivindicando o que é nosso, é dos trabalhadores e nos pertence" declarou.

Gravataí

O Dia do Trabalhador também foi comemorado na região metropolitana. O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários da Região Metropolitana (Sindimetropolitano) recebeu os trabalhadores em sua sede, para um dia de lazer, comemoração e de reforço às lutas da categoria. Outra atividade foi realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos, que promoveram evento com diversas atrações musicais no centro de Gravataí.

Procissão

No início da manhã do Dia do Trabalhador, o vereador Clàudio Janta participou da procissão e da missa de Nossa Senhora do Trabalho, realizada anualmente na zona leste de Porto Alegre. Contando com ampla participação de trabalhadores e devotos, a procissão saiu do Lar do Idoso Dom Luiz Guanella em direção à Paróquia da padroeira, onde foi realizada a missa, com a tradicional bênção das carteiras de trabalho.

Comentários