Notícias

Assembleia da Região Extremo Sul coloca Saúde em debate no OP

A Saúde foi uma das prioridades eleitas pelos moradores da região durante a Assembleia regional do Orçamento Participativo (OP) da Região Extremo Sul, que aconteceu na noite da terça-feira (13/8), no Belém Novo. Dos dez moradores inscritos, sete relataram problemas enfrentados referentes ao atendimento na região, solicitando investimentos.

OP: Extremo Sul pede mais Saúde
A Saúde foi uma das prioridades eleitas pelos moradores da região durante a Assembleia regional do Orçamento Participativo (OP) da Região Extremo Sul, que aconteceu na noite da terça-feira (13/8), no Belém Novo. Dos dez moradores inscritos, sete relataram problemas enfrentados referentes ao atendimento na região, solicitando investimentos.

No total, participaram 788 votantes na assembleia, que registrou aumento de 30% na participação popular em relação ao ano passado. O vereador Clàudio Janta acompanhou a reunião, que aconteceu no Ginásio da Paróquia Nossa Senhora de Belém, que contou ainda com a disputa entre duas chapas que concorreram para representar a região no Conselho do OP.

A vencedora foi a chapa 1, com 62,70% dos votos válidos, elegendo Dinar Melo de Souza, como primeiro titular, Maria Inês Hermann, segunda titular, e Zélia Maria da Silva Floriano, primeira suplente. As quatro prioridades eleitas pelos participantes da plenária para investimentos no ano que vem foram assistência social, saúde, pavimentação e saneamento básico – água e esgoto cloacal.

Dentre as demandas da saúde, os moradores destacaram a falta de estrutura para atender a toda a região, relatando que muitos precisam caminhar até 10 km para receber atendimento no Posto do Lami. Em suas manifestações, a comunidade cobrou investimentos, estrutura e ampliação do quadro para a Unidade Básica de Saúde (UBS).

Conforme o prefeito José Fortunati, Porto Alegre já está inscrita para receber profissionais pelo programa Mais Médicos, do governo federal, para suprir a carência nos postos das comunidades afastadas do Centro. Ele afirmou ainda que a UBS Lami está em reformas e vai reabrir com condições de atender a população com mais qualidade e também explicou a situação do posto avançado do bairro São Caetano, cujas obras iniciaram num terreno cedido pela Cúria Metropolitana, que desistiu da parceria. Agora, o município renegocia a cedência da área.

Na noite desta quarta-feira, 14, acontece a plenária da Região Glória. A reunião inicia às 19h, no Ginásio do Colégio Marista Assunção (Rua Dom Bosco, 103).

Comentários