Notícias

Câmara derruba veto da prefeitura às Áreas Especiais de Interesse Social

As galerias da Câmara Municipal de Porto Alegre ficaram lotadas para acompanhar o desfecho do projeto que institui 14 Áreas Especiais de Interesse Social (Aeis). Para o vereador Clàudio Janta, derrubando o veto da Prefeitura, o Legislativo teve a oportunidade de conceder às famílias que vivem nestas áreas o desfecho positivo aguardado desde a aprovação em plenário, em 22 de dezembro de 2014.

Veto às AEIS é derrubado
As galerias da Câmara Municipal de Porto Alegre ficaram lotadas para acompanhar o desfecho do projeto que institui 14 Áreas Especiais de Interesse Social (Aeis). Para o vereador Clàudio Janta, derrubando o veto da Prefeitura, o Legislativo teve a oportunidade de conceder às famílias que vivem nestas áreas o desfecho positivo aguardado desde a aprovação em plenário, em 22 de dezembro de 2014.

Com uma votação de 19 votos a favor e 13 contra, a Câmara Municipal de Porto Alegre derrubou o veto total do Executivo ao projeto que cria 14 Áreas Especiais de Interesse Social (Aeis) em Porto Alegre. O Projeto de Lei, apresentado pela bancada do PSOL, foi defendido pelo vereador Clàudio Janta, do Solidariedade, que destacou a incumbência do Legislativo de dar fim à espera das famílias que aguardavam um desfecho positivo desde 22 de dezembro de 2014, quando a medida havia sido aprovada no plenário.

Se o Governo não visitou as áreas, então, que a gente vote a favor do Projeto, e o Governo faça a sua parte, vá visitá-las e as áreas que não puderem ter moradia, que a gente refaça o Projeto. O que não podemos é deixar as pessoas inseguras, elas têm que viver com dignidade e está hora de votarmos, porque não mudou nada do dia 22 de dezembro até o dia de hoje. A Prefeitura Municipal não fez a parte dela" afirmou em tribuna.

As Aeis previstas no projeto destinam-se a habitações populares para os atuais ocupantes das seguintes comunidades: Bela Vista, Capadócia, Continental, Cruzeirinho, Dois Irmãos, Império, Marcos Klassmann, Moradas dos Ventos, Nossa Senhora, Oscar Pereira, Progresso, São Luiz, Sete de Setembro e 20 de Novembro. Com a derrubada do veto, o projeto será promulgado pelo presidente da Câmara, vereador Mauro Pinheiro, e passa a ser lei.

As áreas ficam nos seguintes endereços: Rua Romeu Paliosa e Rua do Bosque; Avenidas Bernardino Silveira Amorim e Francisco Bitencourt; Avenida Plínio Kroeff; prolongamento da Rua Dona Alzira; Avenida Francisco Moura; Estrada Antônio Severino; Rua Nossa Senhora de Fátima; Avenida Germando Schamarczek; e Avenida Alcibiades M. da Rocha. Nos mapas em anexo está a localização das Aeis propostas no projeto: Anexo 1; Anexo 2; Anexo 3; Anexo 4; Anexo 5; Anexo 6; Anexo 7; Anexo 8; Anexo 9; Anexo 10; Anexo 11; Anexo 12; Anexo 13; e Anexo 14 .

Comentários