#ContencaoDeEnchentes

Cidade onde chuva vira enchente

Alagamentos como o registrado nesta semana, na avenida Otto Niemeyer (foto), causam transtornos ao comércio e aos moradores.

Onde chuva vira enchente
Alagamentos como o registrado nesta semana, na avenida Otto Niemeyer (foto), causam transtornos ao comércio e aos moradores.

Basta transitar pelas ruas de Porto Alegre para saber que, em dia de chuva, tudo fica mais complicado – desde o trânsito, até o acesso a áreas da cidade em função dos alagamentos registrados em algumas vias. Entre as demandas recebidas pelo gabinete do vereador Clàudio Janta, solicitando pedidos de providência, estão diversos apelos de moradores como os da rua Arroio Grande, no bairro Cavalhada, na zona Sul, que veem a água tomar conta do local a cada chuva.

Em janeiro neste ano, foi tanta água nos arredores da Escola de Educação Infantil Recanto do Piá (foto acima), que as crianças precisaram ser retiradas com o auxílio dos bombeiros. Dias depois, não muito distante dali, uma enchente formada na Avenida Otto Niemeyer, ganhou destaque na imprensa por impedir o funcionamento do comércio e o trânsito de veículos por mais de 17 horas – mesmo um dia depois da chuva cessar.

O problema dos alagamentos em Porto Alegre é uma questão que precisa ser priorizada pelo poder público, porque compromete não só o trânsito, mas o patrimônio de uma vida inteira de muitas famílias que vivem nessas regiões. Não são casos isolados, então precisa haver manutenção constante para a limpeza dos bueiros, responsabilização pelo lixo descartado e iniciativas que ajudem a combater essas situações" avalia o vereador Clàudio Janta, que é autor de uma proposição neste sentido.

Considerando o alto grau de impermeabilização da cidade, que impede que as águas das chuvas penetrem no solo e, consequentemente, diminuam de volume antes de alcançar os rios – quando alcançam –, o projeto de Lei 123/13, de autoria do vereador, sugere a criação de mecanismos que simulem essa permeabilidade, dando vazão ao esgoto pluvial. A ideia visa, principalmente reduzir os prejuízos causados pelas inundações decorrentes das chuvas, onde as condições naturais de drenagem não possam ser restabelecidas, ou sejam insuficientes, além de contribuir para a redução do consumo e o uso adequado da água potável tratada.

O que o projeto prevê:

Texto: Andréia Sarmanho (reg. prof. 15.592)

Comentários