Notícias

Clàudio Janta alerta para grilagem na Sete de Setembro

Moradores da Vila Sete de Setembro foram recebidos pela Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação (Cuthab) na manhã desta terça-feira (24/9), para buscar interlocução com o Departamento Municipal de Habitação (Demhab) e esclarecimentos a respeito da área. O vereador Clàudio Janta questionou pedido de reintegração de posse efetuado só após valorização do terreno e estabelecimento da comunidade.

Janta alerta para grilagem
Moradores da Vila Sete de Setembro foram recebidos pela Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação (Cuthab) na manhã desta terça-feira (24/9), para buscar interlocução com o Departamento Municipal de Habitação (Demhab) e esclarecimentos a respeito da área. O vereador Clàudio Janta questionou pedido de reintegração de posse efetuado só após valorização do terreno e estabelecimento da comunidade.

Moradores manifestaram-se durante a reunião, na expectativa de permanência no local ou alternativa concreta da prefeitura para reassentamento das famílias. Conforme um dos representantes da comunidade, Luís Rogério Machado, o Jamaica, a área foi ocupada no ano passado e, em nenhum momento, quando entraram em contato com o Demhab, foram informados que o terreno tinha proprietário. Dias antes de a ocupação completar um ano, a comunidade foi surpreendida pelo pedido de reintegração de posse feito pela Real Empreendimentos.

Levamos uma rasteira, querem nos tirar de um local nosso. O governo desapropriou terras para fazer a duplicação da Avenida Severo Dullius, que fica perto da nossa Vila. Por que não pode desapropriar um espaço para a causa social e nos dar condições de ter um lar?" questionou o morador.

O advogado da comunidade, Bernardo Bresciani, afirmou que logo conseguiu obter a suspensão da reintegração enquanto o processo não for julgado. O principal argumento para barrar a decisão foi a questão social: há cerca de 300 famílias no local e muitas crianças e idosos e, além disso, não houve justificativa para a remoção imediata das famílias.

O vereador Clàudio Janta elogiou a organização da comunidade e o comprometimento do advogado encarregado com a luta das famílias. Janta alertou ainda para o fato de a empresa proprietária da área ter demorado a reivindicar a posse:

É muito estranho pedir reintegração de posse só agora, após a valorização da área, a duplicação da Avenida Severo Dullius e o estabelecimento de mais de 300 famílias no terreno. Já vimos práticas como esta nessa comissão" alertou Janta, pontuando que a Cuthab está atenta a tentativas de grilagem e de "má fé contra o erário público".

Ficou encaminhado pela comissão, além de uma nova reunião com o Demhab, que a comunidade irá estabelecer-se em regime de cooperativa. Participaram da reunião o presidente da Cuthab, vereador Delegado Cleiton, e os vereadores Alceu Brasinha (PTB), Mauro Pinheiro (PT), da Cosmam, e Fernanda Melchionna (PSOL), da Cedecondh.

Comentários