Notícias

Cuthab discute providências para moradores de Ipanema em risco

A Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação (Cuthab) reuniu-se no Plenário Ana Terra nesta terça-feira (20/8) para tratar da condição de famílias da zona Sul em situação de risco devido às cheias no Arroio Capivara, no bairro Ipanema. O vereador Clàudio Janta, que integra a comissão, solicitou informações e defendeu a regularização com a permanência dos moradores no local.

Situação de risco em Ipanema
A Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação (Cuthab) reuniu-se no Plenário Ana Terra nesta terça-feira (20/8) para tratar da condição de famílias da zona Sul em situação de risco devido às cheias no Arroio Capivara, no bairro Ipanema. O vereador Clàudio Janta, que integra a comissão, solicitou informações e defendeu a regularização com a permanência dos moradores no local.

Moradores que compareceram representando as 37 famílias afetadas pelas inundações relataram a situação de caos vivida durante as cheias ao arroio. O Centro Administrativo Regional (CAR) da zona Sul explicou a condução dos trabalhos com os moradores e órgãos responsáveis até agora. Também foi ouvida a Defesa Civil, que afirmou que a situação tem se agravado e que o risco da área aumentou com o efeito das águas no solo e a crescente impermeabilização.

Sobre a retirada dos moradores da área, a Procuradoria Geral do Município (PGM) destacou a ação civil pública do Ministério Público (MP) e os esforços do órgão para que a desocupação não seja compulsória. O Departamento Municipal de Habitação (Demhab) afirmou que problema vai além das chuvas, e que situação do saneamento também coloca famílias em risco. A superintendente Maria Horácia Ribeiro, afirmou que o aluguel social pode ser a garantia até conclusão do empreendimento, ainda sem prazo.

O vereador Clàudio Janta questionou a origem da ação encaminhada pelo MP para retirada dos moradores da área e afirmou que será encaminhada através da Cuthab tentativa de prazo.

Temos visto em vários locais a retirada de moradores de áreas de risco que depois são regularizadas e dão espaço a condomínios e empreendimentos" lembrou Janta.

O vereador frisou ainda que a comissão seguirá acompanhando o processo junto aos moradores e que a permanência na área, onde habitam há mais de 60 anos, será defendida.

Comentários