Notícias

Cuthab discute transporte na Tinga e extrema Zona Sul

A Cuthab discutiu nesta terça-feira (19/3) duas importantes pautas da extrema Zona Sul: a reivindicação de uma linha transversal até a Restinga e a implementação de lotação para os bairros.

Transporte na Tinga
A Cuthab discutiu nesta terça-feira (19/3) duas importantes pautas da extrema Zona Sul: a reivindicação de uma linha transversal até a Restinga e a implementação de lotação para os bairros.

O líder comunitário Dalci Martins, apresentou a campanha "T11 na Restinga Já", iniciada no bairro e abarcada pela Força Sindical. Entregando à comissão um abaixo-assinado com mais de 7 mil assinaturas, Dalci solicitou a extensão da linha T11 até o terminal Nilo Wulff.

Colocada em debate, a viabilidade da proposta foi questionada pelos técnicos e vereadores, considerando que a medida acarretaria a superlotação da linha. Conforme o diretor administrativo da Carris, Vidal Abreu, seria necessário atender a linha com veículos articulados, sendo que a companhia dispõe de 25 no total.

O diretor da Carris, no entanto, não descartou a possibilidade de criação de uma nova linha. "Temos um órgão responsável por esta decisão, que é a Secretaria Municipal dos Transportes. Já existe um estudo de viabilidade técnica feito pela Carris que está agora sendo avaliado pela EPTC", afirmou Vidal Abreu.

O gerente de planejamento de transporte da EPTC, Flávio Tomelero, explicou que as duas maiores demandas do bairro são a instalação da linha transversal, que já está em estudo e, também, de uma linha circular entre os bairros Restinga e Belém Novo. O gerente lembrou que está em andamento um projeto macro de mobilidade em Porto Alegre, que pode travar discussões isoladas de novas linhas. "Deve ser realizado estudo de demanda, previsto para ainda este ano. A pesquisa vai ajudar a definir as grandes necessidades de deslocamento em Porto Alegre", explicou Tomelero.

O vereador Clàudio Janta lembrou reuniões realizadas através da Força Sindical para debater demanda do transporte na extrema zona Sul, mas reconheceu que esticar a linha T11 não é a saída adequada. Criticando discussão integrada do sistema de transporte, o sindicalista e vereador cobrou medidas urgentes para a região.

A população da Restinga não tem nada a ver com a discussão do projeto do metrô e quer acesso da Zona Sul à Zona Norte. Fico satisfeito quando a Carris diz que tem estudo, precisamos urgentemente do T12 afirmou Janta.

Lotação

Avaliando o processo para instalação das lotações na Restinga, o vereador Pedro Ruas (PSOL) afirmou que o pedido de liminar da empresa interessada, ao suspender o processo licitatório, travou negociação. Para o coordenador Jurídico de Transportes da EPTC, Renato Pereira, a lotação é viável, mas conforme lei de 2009, só podem ser disponibilizadas novas lotações no município quando os permissionados estiverem organizados em consórcio.

A discussão, que também contou com a presença da Associação dos Transportadores de Passageiros por Lotação de Porto Alegre (ATL), também levantou a necessidade da criação de novas linhas. Sem o comparecimento da Associação Empresas Transporte de Passageiros (ATP), o vereador Clàudio Janta pediu a notificação do órgão via ofício da Cuthab, pela omissão na discussão das linhas municipais.

Comentários