Notícias

Demissões e caos na Saúde em Porto Alegre

A Saúde voltou a ser tema de debate na Câmara de Vereadores de Porto Alegre durante a sessão desta segunda-feira (26/8). As galerias foram lotadas por servidores da Saúde do Município que protestaram contra a demissão de 400 funcionários que atuam em postos e centros de saúde administrados pelo Instituto de Cardiologia, integrante do Programa de Estratégia de Saúde da Família (PSF). O vereador Clàudio Janta criticou a gestão da secretaria e participou a mediação do diálogo entre os servidores e o Município.

Demissões e caos na Saúde
A Saúde voltou a ser tema de debate na Câmara de Vereadores de Porto Alegre durante a sessão desta segunda-feira (26/8). As galerias foram lotadas por servidores da Saúde do Município que protestaram contra a demissão de 400 funcionários que atuam em postos e centros de saúde administrados pelo Instituto de Cardiologia, integrante do Programa de Estratégia de Saúde da Família (PSF). O vereador Clàudio Janta criticou a gestão da secretaria e participou a mediação do diálogo entre os servidores e o Município.

Na tribuna, Clàudio Janta saudou os funcionários e lembrou o papel dos vereadores, conquistado nas urnas, de legislar pelo povo. O sindicalista e vereador criticou a recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) a respeito do contrato com o Instituto de Cardiologia após a criação do Instituto Municipal de Estratégia de Saúde da Família (Imesf), criado pela prefeitura para substituí-lo.

O Ministério Público e o Tribunal de Contas querem exercer o nosso papel. Não pode esta Casa ou o Executivo se curvar ao TCE" conclamou, pedindo a preservação dos empregos dos servidores, que já atuam, muitos, há mais de 10 anos nas unidades de Saúde do município.

Janta também criticou o secretário municipal de Saúde, Carlos Casartelli, alertando para as privatizações na área de serviços municipais de ambulâncias, vigilância e laboratórios.

O Sistema Único de Saúde é desrespeitado em Porto Alegre. Nossa Saúde tem que ser pública, mas gestão tem ido na contramão" observou.

Conforme anunciado pelo presidente da Câmara de Vereadores, vereador Dr. Thiago Duarte (PDT), durante a sessão legislativa, o secretário deverá comparecer à Casa no próximo mês. Carlos Henrique Casartelli confirmou presença e é aguardado no dia 5 de setembro, durante a tarde. Servidores municipais da Saúde foram convidados a comparecer.

Comentários