Notícias

Descentralização da cultura é prioridade eleita no Orçamento Participativo

O vereador Clàudio Janta participou da assembleia que também elegeu ações e eventos da cultura; equipamentos culturais e juventude como prioridades.

OP: Cultura
O vereador Clàudio Janta participou da assembleia que também elegeu ações e eventos da cultura; equipamentos culturais e juventude como prioridades.

Os participantes da plenária temática Cultura e Juventude da Rodada Única de Assembleias Regionais e Temáticas do Orçamento Participativo 2016-2017 elegeram atividades de descentralização da cultura como prioridade de investimentos. A reunião ocorreu na noite de quarta-feira, 16, no Centro de Eventos Casa do Gaúcho e contou com a presença do prefeito em exercício Sebastião Melo e do prefeito eleito, Nelson Marchezan Jr. O vereador Clàudio Janta participou da assembleia, que também elegeu ações e eventos da cultura, equipamentos culturais e juventude como prioridades.

A conselheira da região Eixo-Baltazar, Laura Elisa Machado, ressaltou a importância dos incentivos à cultura para os jovens e adolescentes e ainda registrou a falta de verba para os projetos. “Tiveram vários cortes de verbas da cultura e os conselheiros não foram procurados para debater. Colocamos a demanda da cultura nas 14 das 17 regiões do Orçamento Participativo e o que queremos em 2017 é que seja feito exatamente aquilo que a comunidade apontar”, cobrou.

O prefeito eleito, Nelson Marchezan Jr, enfatizou a importância de buscar alternativas para a realização do Carnaval e também para os festejos farroupilhas, dois temas da temática da noite que foram abordados pelos participantes. Já o prefeito em exercício, Sebastião Melo, frisou a falta de recursos em todas as áreas no Brasil. “A economia não sopra ventos positivos. Teremos tempos difíceis”, destacou. Melo disse ainda que considera fundamental a busca de parcerias público-privadas para a realização das obras do sambódromo do Porto Seco.

A plenária de Cultura e Juventude registrou 812 credenciados e a chapa 1 foi a vencedora com 75,81% dos votos válidos, elegendo dois titulares e um suplente. Nesta quinta-feira, 17, acontece a última plenária temática, Saúde e Assistência Social, e, segunda-feira, 21, iniciam-se as assembleias regionais com a realização da plenária da Região Centro.

Com informações PMPA

Comentários