Notícias

Instalação das estações rádio-base é tema de debate na Câmara Municipal

O vereador Clàudio Janta participou dos debates na Comissão de Meio Ambiente (Cosmam) e em audiência pública realizada no plenário, na última semana. Para o vereador, o Legislativo já realizou todos os procedimentos possíveis sobre o tema e o que resta é a votação do projeto.

Antenas de Telefonia
O vereador Clàudio Janta participou dos debates na Comissão de Meio Ambiente (Cosmam) e em audiência pública realizada no plenário, na última semana. Para o vereador, o Legislativo já realizou todos os procedimentos possíveis sobre o tema e o que resta é a votação do projeto.

Nesta terça-feira (1º/7), o sindicalista e vereador Clàudio Janta integrou os debates da reunião da Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam), da Câmara Municipal de Porto Alegre. Foi debatido o impacto das Estações de Rádio-Base (ERBs) na saúde humana e as consequências da possível aprovação do Projeto de Lei do Executivo 57/2013, que altera a Lei nº 8.896, de 26 de abril de 2002, sobre a instalação de antenas e equipamentos afins de rádio, televisão, telefonia e telecomunicações em geral no município.

No entendimento do legislador, a Câmara de Vereadores já realizou todos os procedimentos possíveis sobre o tema e o que resta é a votação do projeto.

Cabe a nós apresentar as emendas e colocar em votação o projeto. Já fizemos desde uma CPI, reuniões nas discussões, até audiências públicas. Já terminou a Copa em Porto Alegre e a população continua sem ter acesso ao celular. Essa Casa está apta a discutir e votar esse projeto” frisou.

Audiência Pública

Na última quinta-feira (26/6), já havia acontecido uma audiência pública no Plenário Otávio Rocha que tratou sobre o mesmo tema. Com a presença de diversos representantes governamentais e de ONGs, Janta defendeu que é necessária uma legislação que dê o direito da população usar o celular com qualidade de sinal.

O que mais me surpreendeu na CPI é o quanto hoje a medicina depende da tecnologia. Então nós fizemos a CPI a pedido da população de Porto Alegre. Apresentamos emendas ao relatório e entregamos a Prefeitura. A Casa está pronta e apta para votar esse projeto, só não entendo porque que até hoje isso não aconteceu” concluiu Janta.

A votação do Projeto de Lei está prevista para a próxima quarta-feira (2/7).

Comentários