Notícias

Janta participa de bate papo com estudantes da PUCRS

O vereador Clàudio Janta esteve na PUCRS, na manhã desta segunda-feira (15/4), para uma dinâmica diferente. Janta foi entrevistado por estudantes de jornalismo, da Faculdade de Comunicação Social (Famecos).

Janta participa de bate papo na PUC
O vereador Clàudio Janta esteve na PUCRS, na manhã desta segunda-feira (15/4), para uma dinâmica diferente. Janta foi entrevistado por estudantes de jornalismo, da Faculdade de Comunicação Social (Famecos).

De acordo com o professor Almir Freitas, que ministra a disciplina de Jornalismo Especializado junto ao professor Gilberto Leal, a ideia da dinâmica é que os alunos entrevistem pessoas representativas, que serão suas futuras fontes na rotina de redação.

A escolha do vereador Clàudio Janta foi em cima dos seus últimos projetos, que envolvem o transporte coletivo, que é um tema que está muito em cima da rotina e das manchetes hoje, em Porto Alegre explicou o professor.

O primeiro tema discutido com os estudantes foi a proposta do plebiscito para debater as isenções. O vereador explicou que a consulta pública busca a decisão em conjunto com todos os setores da sociedade a respeito de alternativas para que os benefícios sejam melhor empregados, atendendo principalmente a população de baixa renda.

A ideia é decidir junto com a população o tipo de transporte que queremos e alternativas para que a isenção tenha emprego mais eficaz explicou.

Os alunos também questionaram sobre a falta de licitações no transporte e sobre o papel regulador, atualmente a cargo do Conselho Municipal de Transportes Urbanos (COMTU), que deverá ser transferido a uma Agência Reguladora Municipal, proposta pelo vereador. Janta explicou ainda as alterações propostas para a composição do Conselho.

Com as modificações o Conselho passa a atuar de fato como um conselho, com a participação de entidades de representação de todos os setores, que terão essas entidades definidas por meio de rodízio explicou.

Os investimentos em segurança pública também foram questionados pelos alunos. "Os prefeitos dizem que a segurança pública é responsabilidade da União e do Estado. Mas é responsabilidade da União, do Estado e da Prefeitura", respondeu o vereador, lembrando dever do município de cobrar o retorno dos impostos.

Falando a respeito do tema, Janta destacou a importância de um novo pacto federativo, que é uma bandeira que une todos os setores da sociedade. De acordo com o vereador, a causa já gera movimentações, ignoradas pelo governo, assim como as pressões pela derrubada do Fator Previdenciário e a desaposentadoria, rejeitada pela presidência, que alega que medida acarretaria rombo nos cofres públicos.

Ao final da conversa, o sindicalista e vereador falou sobre seu posicionamento na Câmara de Vereadores, ao criticar as sessões de duração reduzida, o adiamento das votações e defender mudanças no regimento interno da Casa. Sobre a prestação de contas à população, lembrou a importância da cobrança dos eleitores ao seu representante e defendeu o uso das redes sociais.

Não pedi voto para tapar buraco nem trocar lâmpada na rua de ninguém. Fui sincero com os meus eleitores, deixando claro que queria discutir os grandes problemas da cidade e eles e acompanham isso diariamente afirmou, mencionando projetos voltados ao transporte e à Saúde, que pede a abertura dos Postos 24h.

Comentários