Notícias

Janta participa do Dia Nacional de Luta contra o PL 4330

O sindicalista e vereador Clàudio Janta integrou a manifestação em Porto Alegre pelo Dia Nacional de Luta contra o PL da terceirização. A manifestação foi convocada pelas centrais sindicais, que chamaram a atenção para os riscos da precarização do trabalho através de atos em frente a sedes de entidades patronais.

Fora, PL 4330!
O sindicalista e vereador Clàudio Janta integrou a manifestação em Porto Alegre pelo Dia Nacional de Luta contra o PL da terceirização. A manifestação foi convocada pelas centrais sindicais, que chamaram a atenção para os riscos da precarização do trabalho através de atos em frente a sedes de entidades patronais.

Na terça-feira (6/8) que marcou o Dia Nacional de Luta Contra o PL 4330, trabalhadores saíram às ruas em capitais brasileiras protestando contra a aprovação e alertando a sociedade para o teor da medida. O sindicalista e vereador Clàudio Janta, que preside a Força Sindical no estado, acompanhou o ato na Capital gaúcha, onde ocorreram manifestações em frente a sedes de entidades patronais no centro da cidade.

Maus empresários e maus políticos se aproveitam enquanto o país discute outras questões para propor medidas como esta" afirmou Clàudio Janta.

O Projeto de Lei 4330/2004 é de autoria do deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) e autoriza a terceirização relacionada à atividade-fim da empresa. Conforme o manifesto distribuído pelas centrais sindicais, "além de não resolver os problemas dos mais de 10 milhões de terceirizados no Brasil, o PL traz para os demais 45 milhões de trabalhadores formais o risco iminente de se tornarem prestadores de serviços eventuais".

Agosto de mobilização

A pauta deve voltar às ruas em breve, integrando a agenda unitária das centrais. Os dirigentes aguardam posicionamento do governo até o fim deste mês. Caso contrário, nova mobilização nacional já está prevista para o dia 30 de agosto.

A rejeição deste projeto de lei engloba a nossa pauta de reivindicações nacionais de agosto. Há indicativo de nova greve geral ou acampamento em Brasília" adiantou Janta.

Comentários