Notícias

Janta tenta reverter votação para proteger desempregados do cadastro de devedores

Vereador pediu renovação de votação de emenda que visa a não inclusão de pessoas físicas que estiverem desempregadas no Cadin/POA

Cadin: desempregados punidos
Vereador pediu renovação de votação de emenda que visa a não inclusão de pessoas físicas que estiverem desempregadas no Cadin/POA

Uma iniciativa do vereador Clàudio Janta busca evitar que as pessoas que estão em busca de um emprego sejam incluídas no cadastro digital de devedores da Prefeitura. Favorável à criação do Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Município de Porto Alegre (Cadin/POA), ele ressaltou a necessidade de cobrar pessoas físicas e jurídicas que estão devendo aos cofres públicos, mas reforçou a existência de contextos diferentes entre quem não “paga porque não quer” e quem não o faz por falta de condições.

É público e notório que o desemprego atinge mais de 13 milhões de pessoas no país e Porto Alegre não está fora deste cenário. A inclusão de quem possui capacidade de pagar e opta por não fazê-lo é necessária, mas dar o mesmo tratamento ao cidadão que não possui uma alternativa em função de um contexto alheio a sua vontade acaba sendo uma punição desproporcional” defendeu o vereador.

A criação do Cadin/POA foi aprovada pela Câmara Municipal, em votação no dia 27 de junho. Já a proposta de resguardar do cadastro as pessoas físicas que estejam desempregadas, apresentada como emenda pelo vereador Clàudio Janta, acabou rejeitada em votação apertada, por 15 votos a 14, mas deverá passar por renovação de votação, a pedido do autor.

Comentários