Notícias

Moradores elegem prioridades em Assembleia do OP na região Restinga

Na noite de segunda-feira (12/8), foi a vez da região da Restinga eleger suas prioridades na rodada única de Assembleias Regionais do Orçamento Participativo (OP). Os 1064 participantes compareceram ao Centro da Comunidade da Restinga, mostrando empenho em discutir as demandas da comunidade. O Prefeito José Fortunati respondeu questões sobre saúde, obras de drenagem, saneamento, políticas para a juventude, esporte e lazer e destacou a construção de moradias como o grande investimento da prefeitura na região.

Assembleia do OP na Restinga
Na noite de segunda-feira (12/8), foi a vez da região da Restinga eleger suas prioridades na rodada única de Assembleias Regionais do Orçamento Participativo (OP). Os 1064 participantes compareceram ao Centro da Comunidade da Restinga, mostrando empenho em discutir as demandas da comunidade. O Prefeito José Fortunati respondeu questões sobre saúde, obras de drenagem, saneamento, políticas para a juventude, esporte e lazer e destacou a construção de moradias como o grande investimento da prefeitura na região.

A Restinga elegeu a habitação como primeira prioridade de investimentos da região. As outras três prioridades eleitas são saneamento básico – drenagem e dragagem; assistência social; e educação. Em cartazes e relatos, moradores também pediram melhorias na Saúde, como mais médicos para ampliar atendimento na região.

A região apresentou uma única chapa para compor o Conselho do OP (COP). Foram eleitos por aclamação dos presentes, André Luiz da Silva Seixas como primeiro titular e Davi Jonatas da Silva, como segundo. As suplentes eleitas são Kelly Ramos da Silva e Nidia Albuquerque.

Na noite desta terça-feira, 13, a partir das 19h acontece a plenária da região Extremo Sul, no Ginásio da Paróquia Nossa Senhora de Belém (avenida Heitor Vieira, 494).

Comentários