Notícias

Região Nordeste elege demandas prioritárias e conselheiros do OP

Os moradores da região escolheram Saúde como prioridade para investimentos, seguida de Assistência Social, Habitação e Educação. A Chapa 2 foi a eleita para o Conselho do Orçamento Participativo com 65,26% dos votos.

OP: Região Nordeste
Os moradores da região escolheram Saúde como prioridade para investimentos, seguida de Assistência Social, Habitação e Educação. A Chapa 2 foi a eleita para o Conselho do Orçamento Participativo com 65,26% dos votos.

A Assembleia da região Nordeste da Rodada Única de Assembleias Regionais e Temáticas do Orçamento Participativo 2016-2017 ocorreu na tarde de sábado, 3. Os 710 participantes da plenária, realizada na Escola Deputado Victor Issler, elegeram Saúde como prioridade de investimentos, seguida de Assistência Social, Habitação e Educação. O vereador Clàudio Janta (Solidariedade) e o vereador suplente e também atual conselheiro da região, Giovane Byl (Solidariedade), participaram da plenária.

O presidente da Câmara Municipal, Cássio Trogildo, destacou a importância da divergência no estado democrático. Já o vice-prefeito, Sebastião Melo, enfatizou que a comunidade tem razão ao reivindicar a realização de demandas, começando pela educação. “Entretanto, muitas dessas demandas dependem de verba federal”. Entre as demandas de educação está a Emef Durval Araújo, que consta na lista de prioridades para 2017. É uma das quatro escolas que serão contempladas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Os participantes enfrentaram disputa de duas chapas postulantes ao Conselho do OP (COP). Com 65,26% dos votos válidos, a chapa 2, elegeu os dois titulares e o segundo suplente. A chapa 1, com 34,74% dos votos válidos, elegeu o primeiro suplente. Denise das Neves Flores é a primeira conselheira titular e Paulo Sérgio de Moraes é o segundo. Os dois suplentes serão indicados posteriormente entre os membros das duas chapas concorrentes. Para esta plenária regional, Plano de Investimentos e Serviços prevê R$ 1,872 milhão.

Texto: Ligiane Brondani Lopes (Reg. Prof. 15.488)

Com informações PMPA

Comentários