Notícias

Repúdio à invasão e solidariedade ao povo de Porto Alegre

Na sessão que marcou a volta dos trabalhos da Câmara Municipal, na quinta-feira (1º/8), o sindicalista e vereador Clàudio Janta entregou à casa a moção da Força Sindical em repúdio à invasão da sede do Legislativo Municipal de Porto Alegre e em solidariedade à população e à legalidade das instituições democráticas. Documento foi assinado pelo presidente nacional da central, Paulo Pereira da Silva, em nome dos 4.000 dirigentes sindicais presentes no 7º congresso da central.

Moção da Força é entregue
Na sessão que marcou a volta dos trabalhos da Câmara Municipal, na quinta-feira (1º/8), o sindicalista e vereador Clàudio Janta entregou à casa a moção da Força Sindical em repúdio à invasão da sede do Legislativo Municipal de Porto Alegre e em solidariedade à população e à legalidade das instituições democráticas. Documento foi assinado pelo presidente nacional da central, Paulo Pereira da Silva, em nome dos 4.000 dirigentes sindicais presentes no 7º congresso da central.

Durante o período de comunicações da sessão ordinária de quinta-feira (1º/8), que marcou a volta dos trabalhos do Legislativo Municipal após o recesso de julho, foi apresentada pelo vereador Clàudio Janta à presidência da casa, uma moção encaminhada pela direção nacional da Força Sindical. O documento manifesta repúdio à invasão da Câmara Municipal por manifestantes, que ocorreu entre os dias 10 e 17 de julho, e também a solidariedade dos 4.000 congressistas presentes no 7º Congresso da Força Sindical à população de Porto Alegre que "dentro da legalidade e do respeito à democracia e às instituições, almeja seus direitos sociais".

O vereador também manifestou-se contra a invasão, durante sua fala na tribuna.

Não represento aquelas pessoas que invadiram este plenário enquanto eu estava falando. Fica registrada aqui a nossa solidariedade" disse Janta ao presidente.

Confira o texto da moção na íntegra:

MOÇÃO DE REPÚDIO À INVASÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE PORTO ALEGRE E DE SOLIDARIEDADE AO POVO DE PORTO ALEGRE

Os 4.000 trabalhadores presentes no 7º Congresso Nacional da Força Sindical repudiam a invasão da Câmara de Porto Alegre, entre os dias 10 e 17 de julho, por partidos e forças políticas organizadas que apostaram em dar um golpe na instituição democrática e abrir "jurisprudência" para existência de um "estado sem lei".

Ao mesmo tempo, os congressistas de todo o Brasil prestam sua solidariedade ao povo de Porto Alegre que, dentro da legalidade e do respeito à democracia e às instituições, almeja seus direitos sociais, como melhoria do transporte, saúde 24 horas, segurança e educação de qualidade.

PRAIA GRANDE, SP, 26 DE JULHO DE 2013

PAULO PEREIRA DA SILVA

PRESIDENTE DO CONGRESSO E DA FORÇA SINDICAL - BRASIL

4.000 DELEGADOS PRESENTES NO 7º CONGRESSO DA FORÇA SINDICAL

Comentários