Projetos

Solidariedade aos trabalhadores demitidos pela Iesa após rompimento com a Petrobras

Foi protocolada pelo vereador Clàudio Janta uma Moção de Solidariedade aos trabalhadores da IESA Óleo e Gás que perderam seus na última semana. Vereador pediu justiça na apuração dos escândalos de corrupção envolvendo a estatal e alertou que mais 4 mil trabalhadores estão com emprego em risco.

Trabalhadores da IESA Ãleo e Gás
Foi protocolada pelo vereador Clàudio Janta uma Moção de Solidariedade aos trabalhadores da IESA Óleo e Gás que perderam seus na última semana. Vereador pediu justiça na apuração dos escândalos de corrupção envolvendo a estatal e alertou que mais 4 mil trabalhadores estão com emprego em risco.

O vereador Clàudio Janta apresentou Moção de Solidariedade aos trabalhadores da IESA Óleo e Gás de Charqueadas, na região metropolitana de Porto Alegre. Ao anunciar o protocolo da moção, Janta lamentou as cerca de mil demissões ocorridas em função do rompimento do contrato da empresa com a Petrobras e lembrou que, no total, são cerca de 5 mil trabalhadores em risco.

Esperamos que a corda não arrebente apenas no lado mais fraco, que os trabalhadores não sejam os únicos a serem punidos por um escândalo pelo qual não têm culpa. Que daqui a 90 dias não vejamos Youssef e os donos das construtoras soltos, enquanto os trabalhadores continuam sendo demitidos" afirmou Janta, a respeito dos esquemas de corrupção deflagrados na estatal.

No documento apresentado à Câmara Municipal, Janta destaca que as demissões dos trabalhadores, que "não participaram dos escândalos apurados até o presente momento e mesmo assim estão sendo diretamente afetados", vão contra os interesses da população e que afetam diretamente a economia do município de Charqueadas e do estado.

Que o governo apresente soluções imediatas para que esses postos de trabalho sejam reativados e injete recursos nas empresas para que possa haver um restabelecimento que não coloque em risco ainda mais trabalhadores" concluiu o vereador na tribuna.

Pedido enviado a câmara

Nome Tamanho
mocao-de-solidariedade-trabalhadores-charqueadas.pdf 125 KB

Comentários