Notícias

Taxistas discutem sistema de GPS e buscam diálogo com a Prefeitura

Representantes da categoria estiveram na Câmara Municipal de Porto Alegre para debater a utilização do Sistema de Posicionamento Global (GPS) na frota de táxis da cidade e os valores cobrados pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) para a implantação dos serviços.

Taxistas buscam diálogo
Representantes da categoria estiveram na Câmara Municipal de Porto Alegre para debater a utilização do Sistema de Posicionamento Global (GPS) na frota de táxis da cidade e os valores cobrados pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) para a implantação dos serviços.

Representantes dos taxistas de Porto Alegre estiveram, na tarde desta terça-feira (14/7), na Câmara Municipal para discutir a eficácia do sistema de GPS e botão de pânico, e os valores cobrados pela EPTC para a implantação dos serviços na frota. O tema era pauta da reunião da Comissão de Transporte, Urbanização e Habitação (Cuthab), que precisou ser improvisada no saguão da sede do Legislativo, em função da falta de luz que atinge o prédio.

O vereador Clàudio Janta, do Solidariedade, participou do encontro com os trabalhadores, que pediram audiência com a Prefeitura Municipal para discutir os impasses. A reunião deve acontecer na próxima quinta-feira, dia 16. Também está prevista uma nova reunião na Câmara Municipal nesta quarta-feira, a partir das 13h30.

Os trabalhadores fizeram sua parte e entendem que agora o poder público precisa fazer a sua. Vamos acompanhar para garantir que os serviços sejam prestados de acordo com as exigências legais, mas com as garantias que são devidas pelo Município aos taxistas" pontuou Janta.

Comentários