Quem é o vereador Clàudio Janta?

Clàudio Janta

Nascido em Porto Alegre, Clàudio Janta já trabalhou como pedreiro, metalúrgico, garçom, mecânico, funileiro, serralheiro, chapeador, segurança, pintor, office boy e comerciário.

Sindicalista há mais de 30 anos, é presidente estadual licenciado da Força Sindical e membro da direção nacional da central. É secretário-geral do Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre (Sindec), presidente licenciado da Fetracos-RS e do secretariado nacional dos Comerciários (Sentraconserv).

Voz ativa na defesa dos trabalhadores, já foi conselheiro do BNDES, do FUNDOPEM, integra o conselho nacional do Senac e exerce, pela segunda vez, o mandato de vereador de Porto Alegre.

Coragem para lutar e para fazer!

Apesar da extensa trajetória junto às entidades de classe, foi no Legislativo Municipal que Janta conquistou o que considera os maiores feitos em prol dos trabalhadores: a aprovação dos projetos dos Postos de Saúde 24 horas e da Escola de Tempo Integral.

Ambas as medidas, oriundas de projetos de Lei de sua autoria, consolidaram as modificações na Lei Orgânica do Município que determinam a ampliação do atendimento nas unidades de saúde, consolidada através do turno estendido em implementação nos Postos de Saúde da Capital, e do turno inverso nas escolas municipais.

A qualificação e melhoria de outros serviços públicos, como o transporte coletivo, é outra bandeira de destaque em sua atuação. Voz ativa na denúncia contra os abusos das empresas de ônibus, tem encampado de forma combativa a luta contra as medidas arbitrárias do governo municipal que encarecem a tarifa de ônibus e atacam direitos dos usuários, como a meia-passagem e a segunda passagem gratuita.

Entre seus projetos, estão diversas iniciativas para um transporte público com mais qualidade e segurança, iniciativas voltadas à acessibilidade e inclusão de adultos e crianças com deficiência, melhores condições para trabalhadores de diversos setores, além de medidas que visam a desoneração do cidadão e o fim de cobranças indevidas, como a taxa de esgoto onde não há saneamento.